Joelho

 

A dor no joelho é sinal de que algo está muito errado. Tal desconforto pode atingir pessoas de qualquer idade e sexo, e suas causas e intensidades podem ser das mais abrangentes. De forma geral, as dores no joelho são reflexo de lesões, choques e doenças como artrite.

O que é?

A dor no joelho é um desconforto que pode acometer pacientes nas mais diversas faixas etárias. Ela pode ser provocada por inúmeras causas, sendo o desgaste da articulação, lesões durante atividades físicas e sobrepeso os fatores mais comuns.

Existem vários tipos de dor no joelho de acordo com o comprometimento da mobilidade. O pior tipo de desconforto é aquele que impede o paciente de realizar qualquer tipo de movimento. Muitas vezes, nesses casos, a dor tende a se acentuar gradualmente. De forma geral, essa dor contínua associada à perda da mobilidade pode ser proveniente de problemas mais graves. Rompimento dos ligamentos, artrites e cistos estão entre as patologias mais preocupantes dentre qualquer médico ortopedista especialista em joelho.

Inclusive, esse profissional é o único que será capaz de realizar o diagnóstico correto da lesão, baseando-se inteiramente no exame físico e em exames de imagem, tal como a radiografia e a ressonância magnética.

Apesar de bastante incômoda, sobretudo nos episódios de maior comprometimento, a dor no joelho pode ser remediada de forma simples, sem qualquer tipo de procedimento invasivo. Na maior parte das vezes, a dor pode ser atenuada graças a uma simples aplicação de gelo. O uso de uma faixa elástica sobre a articulação também é de grande valia, já que o acessório ajuda na imobilização do joelho afetado, diminuindo assim o quadro de desconforto causado pelo problema.

Causas

As dores no joelho podem acometer várias regiões da articulação, além de serem provenientes das mais diversas causas.

Se ocorrer uma dor no joelho tipo lateral, seja durante uma ou corrida, ou mesmo após essa atividade, o paciente provavelmente será diagnosticado com síndrome da banda iliotibial, que pode ser tratado com anti-inflamatórios e alongamentos específicos para região.

A dor na parte interna no joelho pode ser proveniente de uma torção causada por um choque na lateral da articulação. Comumente o desconforto surge com edema no lado oposto da lesão. Esse impacto contra o joelho pode causar uma série de lesões nos ligamentos e até ruptura do menisco medial.

Se a dor se manifestar na parte de trás do joelho, as suspeitas recaem para um cisto de Baker, que se caracteriza pelo surgimento de um pequeno inchaço. De forma geral, essa dor acomete o paciente quando esse se agacha ou flexiona o joelho.

Já a dor na frente do joelho sugere que o paciente esteja sofrendo com uma condromalácia patelar, causado por danos na cartilagem sob a patela. A tendinite do tendão patelar também é frequente nesta região.

Existem também quadros de dores de joelho em momento específico. É o caso de pacientes que desenvolveram artrite reumatoide. Geralmente eles sofrem com dor no joelho logo depois de acordar. Com o passar do dia, esse desconforto vai se atenuando gradualmente.

Se a pessoa sentir dores ao se agachar, o médico ortopedista especialista em joelho certamente irá suspeitar de um desgaste da articulação em torno da patela, lesão meniscal ou da cartilagem.

Pacientes com dor no joelho durante a marcha, ou quando ficam de pé por algum tempo, comumente são aqueles que sofrem com artrose. Se a doença evoluir, o joelho pode se encontrar rígido durante as manhãs e, geralmente, fazem muito barulho nos movimentos, chamado de crepitação articular.

Dores no joelho ao dobrar ou esticar a perna podem respectivamente ser sinais de lesão no menisco ou no tendão.

Contusão e torção decorrentes de um trauma no joelho podem ser identificadas por meio de um desconforto persistente por toda articulação.

Se a dor for acompanhada com estalos ao movimentar o joelho lateralmente, o paciente fatalmente poderá estar sofrendo de algum tipo de lesão nos ligamentos cruzado anterior, posterior ou coronário.

Caso a dor se apresente ao subir escada, o médico ortopedista especialista em joelho pode identificar uma artrose ou lesão no menisco. Se houver a mesma dor, só que durante o ato de descer a escada, a lesão constatada poderá ser na patela.

Quando ocorrer dor no joelho com edema sem trauma, a suspeita recai sobre um caso de hemofilia, em que o sangue não coagula normalmente. Há também o indício de que o paciente poderá estar sofrendo com algum tipo de artrite, infecção ou gota.

Por fim, quando houver dor profunda no meio do joelho, o médico poderá providenciar exames para a identificação de possíveis rupturas dos ligamentos cruzado anterior ou posterior.

Tratamento

A dor no joelho quase sempre é o sintoma de uma lesão. Se depois de três dias o desconforto persistir, um médico ortopedista deve ser consultado. Somente este profissional, após análise clínica e de imagem, poderá receitar o tratamento específico para o alívio de cada tipo de dor. Nos casos mais graves, o paciente pode passar por cirurgia, seguida de fisioterapia e uso de medicamentos.

Caso tenha dúvidas sobre a dor no joelho, não hesite em procurar um médico ortopedista em joelho. Evite a automedicação, pois ela pode mascarar sintomas e casos mais graves de uma dor no joelho.

Agende sua consulta online

Marque agora sua consulta através do nosso agendamento online.

Agende agora

Serviços ao paciente

Veja aqui a relação de serviços próximos a nossos endereços:

Unidade Perdizes

Rua Cardoso de Almeida, 634 Cj 32
Perdizes - São Paulo, SP
CEP: 05013-000

Telefone: (11) 3672-3114

WhatsApp: (11) 98834-1309

Unidade Berrini

Rua Hilário Furlan, 107
Brooklin - São Paulo, SP
CEP: 04571-180

Telefone: (11) 2117-0100

WhatsApp: (11) 94143-0032

Redes sociais