Pós-operatório

O período pós-operatório é um dos mais importantes de um tratamento cirúrgico ortopédico, pois implica na fase de repouso e fase de recuperação (reabilitação) do paciente. Apesar de haver, na maioria das vezes, dor após as cirurgias ortopédicas, há vários métodos de alívio: medicamentos analgésicos, anti-inflamatórios e medidas locais (imobilizadores e gelo). 

Siga corretamente as orientações enquanto estiver internado e ao receber a alta hospitalar.

Acompanhamento fisioterápico

A fisioterapia é crucial para ter reabilitação e consequente recuperação mais rápida. Ela consiste em fortalecer a musculatura e articulação dos pacientes que tenham passado por cirurgias ortopédicas. As sessões podem ter início leve logo após o paciente recobrar a consciência, evoluindo para sessões moderadas e intensas conforme a recuperação.

Siga corretamente as orientações de imobilização e também de mobilização no pós-operatório. Mobilizar as extremidades (dedos das mãos e dos pés) geralmente melhoram a circulação e evitam edemas. Não retire o imobilizador até que o seu médico oriente. Caso seja extremamente necessário (caso de banho ou para fazer gelo no local, por exemplo) mantenha o membro na mesma posição. 

compressas

Compressas

Algumas cirurgias e tratamentos ortopédicos, pedem também que o paciente realize compressas de água fria (bolsa de gelo) ou morna. As recomendações para que ela seja utilizada são variadas, pois auxiliam na analgesia e diminuição do edema.

Há ainda uma segunda opção, conhecida como contraste. Quando os pacientes ficam imobilizados por muito tempo ou por conta de uma cirurgia ortopédica, os membros (na maioria das vezes, os inferiores), ficam com a circulação mais lenta. A alternância entre compressas frias e mornas pode estimular a circulação sanguínea.

A opção entre compressas quentes e frias depende de caso para caso, aguarde e siga a orientação do seu médico.

higienizacao curativos

Higienização e curativos

A higiene é muito importante após uma cirurgia ortopédica, pois evita que ocorram infecções. A retirada e troca de curativos devem ser manipulados com bastante cuidado e higiene. O curativos deve estar sempre fechado para evitar poeiras e contaminação, em especial nos primeiros dias após o procedimento, ou até a retirada dos pontos.

Durante o banho, deve-se cobrir o curativo com filme plástico até a retirada dos pontos. Após eles serem retirados, o local deve ser higienizado de modo leve, com água e sabonete neutro, além de ser secado apropriadamente. Se o paciente estiver utilizando tipoia neste período, ela deve ser substituída para o banho por outro suporte, como faixa, lenço, pano ou mesmo cinto. 

No caso das cirurgias nos membros inferiores, opte por banhos sentados e com o apoio do membro operado. Este procedimento facilita a higiene e proteção do local, além de prevenir quedas.

dieta

Dieta

Apesar da dieta variar de acordo com as recomendações médicas e necessidades do paciente (caso daqueles que possuem diabetes, por exemplo), ela deve ser rica em frutas, verduras e alimentos integrais; uma dieta saudável aumenta a eficiência da recuperação e diminui o tempo de reabilitação.

outras indicacoes

Outras indicações

Objetos que auxiliem a recuperação, como tipoias, muletas ou botas, são utilizados conforme indicações do médico ortopedista e possuem o intuito de proteger a região lesionada ou recém operada. Dirigir é terminantemente proibido para os pacientes que ainda não se recuperaram de modo pleno, além de só ser liberado conforme a autorização do médico.

Agende sua consulta online

Marque agora sua consulta através do nosso agendamento online.

Agende agora

Serviços ao paciente

Veja aqui a relação de serviços próximos a nossos endereços:

Unidade Perdizes

Rua Cardoso de Almeida, 634 Cj 32
Perdizes - São Paulo, SP
CEP: 05013-000

Telefone: (11) 3672-3114
WhatsApp: (11) 98834-1309

Unidade Berrini

Rua Hilário Furlan, 107
Brooklin - São Paulo, SP
CEP: 04571-180

Telefone: (11) 2117-0100
WhatsApp: (11) 94143-0032