Ortopedia Geral

finaldeano

 

O tratamento ortopédico acontece das mais variadas maneiras. Ele pode ser realizado tanto de forma conservadora (por meio de um programa simples baseado em medicação, fisioterapia e outras medidas), quanto cirúrgica.

De qualquer forma, em ambos os casos, as orientações do médico ortopedista devem ser seguidas com disciplina, a fim de evitar recidivas e postergações no tratamento. Sobretudo, quando se trata do pós-operatório. Período esse de suma importância para a reabilitação ortopédica, independentemente do membro ou articulação acometidos pela lesão.

O grau de comprometimento do membro afetado é bastante variável e dependerá do desgaste ou do impacto que sofreu. No caso de um pós-operatório, o tempo não pode ser determinado de antemão. A evolução se dará de forma gradual, dependendo da disciplina e até mesmo do próprio organismo do paciente.

Existem caminhos que podem encurtar esse período. Obedecer a todas as recomendações do médico ortopedista, sem qualquer tipo de concessão, é fundamental para o caminho da reabilitação. A fisioterapia, de forma geral, é um dos procedimentos mais adotados para pacientes em convalescença. Tanto o ortopedista quanto o fisioterapeuta estão disponíveis para solucionar qualquer dúvida referente ao tratamento. Portanto, questionar esses profissionais faz parte do processo de recuperação.

O acompanhamento médico regular também é essencial para a rápida recuperação de um pós-operatório ou de uma lesão. Somente dessa forma o paciente poderá dar sequência à reabilitação. Nessas consultas serão analisadas a evolução do tratamento e a condição clínica do paciente. Além disso, o médico ortopedista responsável fará os apontamentos necessários para o prosseguimento da avaliação.

A alimentação balanceada no pós-cirúrgico é muito importante. Afinal, com uma dieta correta, o organismo tende a se recuperar com mais rapidez. Além do mais, alguns alimentos contribuem com a cicatrização dos pontos. Se não bastasse tudo isso, uma alimentação saudável contribui para o aumento de energia na prática de exercícios, fundamentais na fisioterapia. E isso se equivale tanto para pacientes ortopédicos em recuperação cirúrgica, quanto para os que se recuperam de forma conservadora. A base de uma boa dieta está no consumo de frutas, verduras, proteínas e alimentos integrais. Quanto mais saudável, mais rápida será a reabilitação ortopédica.

Dormir bem também é fundamental para o bem-estar de uma pessoa em tratamento. Afinal, o organismo se encarrega de cicatrizar pontos e feridas durante o sono. Oito horas é o tempo ideal para uma noite bem dormida.

A administração correta dos medicamentos se faz necessária para amenizar quadros de dor, edema e possíveis inflamações, seja em pacientes em pós-operatório ou para aqueles que realizam tratamentos mais conservadores. Por isso o uso dos remédios prescritos pelo médico deve ser seguido com bastante disciplina. Algumas vezes suplementos alimentares, polivitamínicos e até a famosa vitamina D, contribuem para uma reabilitação mais rápida e podem servir como mais uma opção.

Alguns procedimentos na recuperação são exclusivos de quem foi submetido à uma cirurgia de reparação. É o caso da higienização e troca de curativos. A fim de se evitar infecções, entre outros comprometimentos, a retirada dos curativos deve ser feita com muita cautela e de forma regular.

A bandagem deve ser mantida coberta, em virtude de impurezas que podem contaminar os pontos cirúrgicos. Uma infecção pode ser fatal para todo o progresso do tratamento. Essa atenção deve ser redobrada, sobretudo, nos primeiros dias após o procedimento cirúrgico, e depois da retirada dos pontos.

Outro cuidado que deve ser tomado é na hora do banho. O curativo deve ser protegido com filme plástico até a sua retirada. Após a remoção da bandagem, a higienização do local deve ser feita de forma moderada, com água e sabonete neutro, se atentando ao enxágue apropriado. Ainda durante o banho, pacientes que se utilizam de tipoias devem substituí-las por faixa, pano e até cinto.

Se a recuperação se der abaixo do quadril, os banhos devem ser tomados em repouso. Ou seja, apenas se o paciente estiver sentado ou com o membro em tratamento apoiado.

Dentre as medidas locais utilizadas para todos os pacientes em tratamento ortopédico, estão as compressas. Algumas vezes elas devem ser feitas com água fria ou morna. Esse tipo de procedimento contribui para abrandar os sintomas e desconfortos causados pela dor e inchaço.

Por fim, a fisioterapia é indicada para absolutamente todos os casos de reabilitação ortopédica. Afinal, ela garante mais rapidez no tratamento, por meio do fortalecimento da musculatura e das articulações acometidas pela lesão e/ou cirurgia. Cada exercício, moderado ou mais pesado, será analisado pelo profissional, tendo como base a evolução do quadro clínico do paciente. Lembre-se que os exercícios devem ser seguidos à risca e com supervisão de profissionais (fisioterapeutas) qualificados. Solicite indicações de profissionais de confiança ao seu médico!

Seguindo todas essas orientações de forma correta, o paciente tende a acelerar sua recuperação.

Agende sua consulta online

Marque agora sua consulta através do nosso agendamento online.

Agende agora

Serviços ao paciente

Veja aqui a relação de serviços próximos a nossos endereços:

Unidade Perdizes

Rua Cardoso de Almeida, 634 Cj 32
Perdizes - São Paulo, SP
CEP: 05013-000

Telefone: (11) 3672-3114
WhatsApp: (11) 98834-1309

Unidade Berrini

Rua Hilário Furlan, 107
Brooklin - São Paulo, SP
CEP: 04571-180

Telefone: (11) 2117-0100
WhatsApp: (11) 94143-0032