Ombro

O que é síndrome do impacto?

A síndrome do impacto no ombro (também conhecida como lesão do manguito rotador ou síndrome do manguito rotador) é uma doença que ocorre basicamente por conta de algo que está errado no ombro, desencarregando assim, a bursite ou inflamação da Bursa e a Tendinite. Estas inflamações podem progredir no tendão, levando a lesão do manguito rotador. A Bursa é uma bolsa lubrificante que tem a função de facilitar o deslizamento dos tendões do manguito rotador do ombro. Já a tendinite, é uma inflamação do tendão; no ombro, os tendões mais comumente inflamados são os tendões do manguito rotador (supraespinal, infraespinal, subescapular e redondo menor).

Quais os sintomas da síndrome do impacto?

Os sintomas da síndrome do impacto incluem dificuldade em alcançar atrás das costas, dor ao elevar o braço acima da cabeça e fraqueza dos músculos do ombro.
Se o tendão permanecer ferido por um longo período de tempo, ele pode partir em dois, resultando em uma ruptura do manguito rotador. Isso causa uma fraqueza ainda maior e pode tornar mais difícil para a pessoa para elevar seu braço.

Quais as consequências da síndrome do impacto?

Uma das consequências da síndrome do impacto, é o processo inflamatório que pode ocorrer na bursa ou nos tendões. Se não for tratada, a inflamação pode gerar uma lesão no tendão do manguito rotador, que pode variar de uma lesão parcial até uma lesão grave e transfixante, onde as lesões não cicatrizam sozinhas e acabam exigindo uma cirurgia.

Como é feito o diagnóstico da síndrome do impacto?

Geralmente o diagnóstico para bursite ou tendinite é clínico, feito com base na história do paciente e com exame físico. Com base nos sintomas, o Ortopedista pode pedir um exame Raios-X para detectar alterações no acrômio ou esporões ósseos. É comum o médico pedir também uma ressonância magnética ou a ultrassonografia caso ele suspeite de uma ruptura dos tendões do manguito rotador.

Tratamento e Informações Gerais

O tratamento não-cirúrgico é utilizado na maioria dos casos de síndrome do impacto. O médico pode receitar medicamentos anti-inflamatórios e recomendar repouso na articulação, gelo sobre o ombro e sessões com um fisioterapeuta. Caso a dor não desapareça, o médico pode discutir com o paciente sobre a aplicação de injeções de cortisona. Apesar de os efeitos serem temporários, pode auxiliar o tratamento.

Para o caso de tratamento com cirurgia, o médico pode realizar o procedimento cirúrgico chamado acromioplastia e bursectomia, que nada mais é que a retirada de esporões no Acrômio ou a raspagem dele, e a retirada da Bursa, para dar mais espaço para os tendões do Manguito Rotador. Este procedimento é realizado por meio de Artroscopia. Nos casos de lesões completas dos tendões do manguito rotador, na maioria das vezes é necessário seu reparo para reestabeler sua função. Este procedimento, atualmente, também pode ser realizado por artroscopia.

A reabilitação da cirurgia no ombro é um processo lento, que pode demorar alguns meses. O cirurgião especialista recomendará sessões de fisioterapia por algumas semanas, assim como o uso de uma tipoia para apoiar e proteger o ombro por alguns dias após a cirurgia. Gelo pode ser usado durante os primeiros dias para ajudar a controlar a dor e inchaço da cirurgia.

É importante lembrar que as recomendações são muito individuais e variam entre os pacientes e o procedimento cirúrgico efetuado, por isso deve ser discutido com o cirurgião especialista.

 

Agende sua consulta online

Marque agora sua consulta através do nosso agendamento online.

Agende agora

Serviços ao paciente

Veja aqui a relação de serviços próximos a nossos endereços:

Unidade Perdizes

Rua Cardoso de Almeida, 634 Cj 32
Perdizes - São Paulo, SP
CEP: 05013-000

Telefone: (11) 3672-3114
WhatsApp: (11) 98834-1309

Unidade Berrini

Rua Hilário Furlan, 107
Brooklin - São Paulo, SP
CEP: 04571-180

Telefone: (11) 2117-0100
WhatsApp: (11) 94143-0032